É uma rede de comunidades quilombolas, indígenas, urbanas, rurais, associações da sociedade civil, pontos de cultura,  oriundos de norte ao sul do país, conectados através das tecnologias da informação e comunicação. Para isso se busca parcerias de diversos segmentos para que de forma  colaborativa e coletiva se possa reunir diferentes programas, projetos e ações voltados para o desenvolvimento humano, social, econômico, cultural, ambiental e preservação do patrimônio histórico-memória dessas comunidades. É uma rede solidária de comunidades, no qual o objetivo principal é compartilhar ideias e oferecer apoio recíproco. Os eixos principais que a Rede enxerga são a identidade cultural, o desenvolvimento local, apropriação tecnológica, inclusão social e identidade cultural. A ideia da Rede nasceu em quilombos, em particular um quilombo urbano, a Casa de Cultura Tainã.